Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Foi há 13 anos que o Gil Eannes regressou a Viana do Castelo



Faz no próximo dia 31 de Janeiro 13 anos, que regressou a Viana do Castelo o Navio Hospital Gil Eannes.
Para comemorar esta data, a Fundação Gil Eannes preparou para esse dia, a partir das 21H30, as seguintes iniciativas:

- "Vindos dos Mares do Fim do Mundo" ilustração teatral, pelo Centro Dramático de Viana;
- "Bernardo Santareno, entre o Céu e o Inferno" palestra proferida por Vicente Batalha, Presidente do Instituto Bernardo Santareno;
- Abertura das exposições "Bernardo Santareno pseudónimo António Martinho do Rosário: vida e obra" e "A Pesca do Bacalhau: navios bacalhoeiros de Viana do Castelo".

No dia 31 de Janeiro, as entradas no navio/museu Gil Eannes serão gratuitas.


O Navio Hospital Gil Eannes, construído em Viana do Castelo em 1955, apoiou, durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que actuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia. Desactivada a frota bacalhoeira, ficou apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos.
Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afectivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses.
Em 31 de Janeiro de 1998, foi recebido festivamente na Foz do Lima, onde, depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como pólo de atractividade para Viana do Castelo.
A reconversão transformou-o num espaço museológico, integrando salas de exposição, sala de reuniões, loja de recordações, quatro quiosques multimédia, um simulador de navegação e uma pousada de juventude.

Saiba mais sobre a história do Gil Eannes aqui

Comentários

Mensagens populares deste blogue

GIL EANNES | Um Navio com história e memórias

VIANA | Praia de Paçô é uma das 10 melhores praias secretas para o “The Guardian”