Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Tanque comunitário usado por gerações de mulheres para lavar a roupa vai ser museu


Um tanque comunitário usado há cerca de um século para lavar roupa por gerações de mulheres da ribeira de Viana do Castelo vai ser musealizado no âmbito de uma intervenção de beneficiação, anunciou o presidente da Câmara. “É uma operação de valorização daquele espaço, que desde tempos muito idos é usado para lavar roupa. Basta dizer que a fotografia que temos nos nossos serviços, onde se vêem as mulheres a lavar, já tem 75 anos, mas a sua utilização já terá cerca de um século”, explicou José Maria Costa.
A intervenção, já em fase de preparação de candidatura, será feita em 2012, ao abrigo do programa Polis do Litoral Norte, nomeadamente na valorização da envolvente do Forte de Santiago da Barra, na freguesia ribeirinha de Monserrate. Segundo o autarca de Viana do Castelo, a intervenção naquele espaço consistirá na reabilitação do tanque, ainda hoje utilizado pela população, com a colocação de uma estrutura metálica de cobertura, em "forma de vela". “Será recuperado todo o tanque, valorizada a envolvente e ainda vai receber painéis informativos com a história daquele espaço”, explicou José Maria Costa.
Estima-se que a construção do tanque actual tenha sido concretizada no início do século XX e o tanque recorria, então, à água de uma nascente que ali jorrava. Hoje, duas torneiras dos serviços municipalizados fornecem a água para as mulheres que ainda lavam a roupa no local, sobretudo grandes peças, como tapetes e cortinas, perpetuando uma actividade de várias gerações. “Pretendemos valorizar um aspecto importante da história da cidade, por onde passaram gerações de mulheres da terra”, sublinhou José Maria Costa.

Texto: Rádio Geice (17.09.2011)

Comentários

Anónimo disse…
Onde fica exatamente o tanque? obrigado
Anónimo disse…
Este tanque fica junto ao Castelo de Santiago da Barra, mesmo em frente do restaurante "Zefa Carqueja", na zona de Ribeira, em Monserrate.
Agora é tudo a pagar quando há . disse…
Antigamente no tempo da outra senhora fazia-se muitas coisas em prol da comunidade, dos mais necessitados construiam-se fontenários publicos , lavadouros publico e Sanitários .
O Estado Novo não era tal mal como isso.
Os que apregoam a Democracia da " Treta " pelo contrário, destruiram e fecharam o fontenário de Sto António, fontenário de S.Vicente, o lavadouro publico que existiu junto á rotunda e começo da Rua Amélia de Morais .
Os sanitários publicos do Jardim, Rua General Luis do Rego ,junta á Igreja de S. Domingos.

Mensagens populares deste blogue

MÚSICA | O coração bate forte em Viana

VIANA | Praia de Paçô é uma das 10 melhores praias secretas para o “The Guardian”

VIANA | O que há para ver hoje na cidade