Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

VIANAPOLIS: Terrenos que há cinco anos valiam 21,6 milhões vão a hasta pública por 12 milhões de euros


A VianaPolis vai vender em hasta pública, até final do ano, 26 lotes de terreno que há cinco anos estavam avaliados em 21,6 milhões de euros, mas cuja base de licitação será agora de 12 milhões.
A redução do valor ficou a dever-se, explicou à Lusa o presidente da Câmara, que detém 40 por cento do capital social da VianaPolis, à recente reavaliação realizada pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças, estabelecendo um valor de 12 milhões de euros pelos 63 mil metros quadrados.
A crise financeira e na construção são fatores que determinaram a revisão em baixa. Esta hasta pública chegou a ser anunciada por José Maria Costa para o mês de setembro, no entanto o autarca prefere, agora, definir a sua realização "até final do ano". Ainda assim garante que nada tem a ver com a anunciada extinção da Parque Expo, parceiro técnico em todas as operações da VianaPolis.

"Essa extinção em nada vai afetar esta hasta pública porque a medida já tinha sido aprovada pelos acionistas, em que o Estado detém a maioria das ações", garantiu o autarca de Viana do Castelo.
Em causa estão terrenos do Parque da Cidade, junto ao rio Lima, prevendo a construção de habitação e um equipamento social ou educativo. Para tornar o projeto "ainda mais aliciante", a autarquia admite incluir "novas valências", com destaque para a componente náutica e de turismo.
José Maria Costa reconhece que um grupo interessado questionou o município sobre a possibilidade de complementar o projeto com um acesso através de barco, com um pequeno ancoradouro no rio, junto ao futuro complexo de habitações.
A venda destes terrenos, considerados como o maior ativo da VianaPolis, sociedade que realizou 90 milhões de euros de investimento na requalificação urbana e ambiental na cidade, arrancou em abril de 2006.
Depois de várias fases sem interessados, a venda chegou ser promovida em feiras internacionais de imobiliário, através de negociação direta, mas sem sucesso. Próximos de equipamentos de apoio como o centro de ténis, clubes náuticos e a marina de recreio, os terrenos integram-se no Parque da Cidade, num total de 50 hectares, dos quais 23 hectares de área verde.

Texto: RTP online (05.09.2011)

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

VIANA | Os Monumentos Nacionais da Praça

VIANA | O Jardim Público noutros tempos

VIANA | Iluminações de Natal acendem-se a 1 de dezembro