Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Ponte Eiffel com trânsito condicionado para “testes” no pavimento rodoviário

O trânsito na ponte Eiffel de Viana do Castelo vai voltar a ser condicionado, esta semana, para a realização de "ensaios e testes" no pavimento rodoviário, anunciou fonte da REFER. A circulação rodoviária na ponte "estará condicionada entre os dias 19 e 26 de Outubro inclusive", acrescentou. Durante este período, o trânsito rodoviário vai ser feito nos dois sentidos, apenas por uma faixa de rodagem, com passagem alternada apoiada por semáforos.
O objectivo é "realizar ensaios e testes no pavimento rodoviário da Ponte Eiffel, com aplicação de soluções, em estudo, em determinados módulos do tabuleiro". O tabuleiro rodoviário é da responsabilidade da REFER e desde 2007, altura em que foi alvo de uma grande intervenção de reabilitação de 15 milhões de euros, que os problemas no piso persistem, com vários buracos e o piso descascado. "Embora com adequadas características técnicas para a função pretendida, [o piso] veio a revelar um deficiente comportamento, com fissuração e descolamento em algumas zonas. Com o objectivo de reparar as deficiências, a REFER recorreu à garantia técnica de obra, tendo o empreiteiro reposto, por duas vezes, uma camada de desgaste do pavimento", explicou fonte da empresa. A REFER admite que, quatro anos depois, "o problema persiste" e por isso, para "determinar as causas de tal comportamento anómalo e encontrar uma solução para o mesmo", solicitou à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) "um estudo, análise e ensaio de caracterização daquele material".
"Identificando possíveis erros de aplicação ou a sugestão de outros materiais para a camada de desgaste, caso o aplicado se revelasse, de todo em todo, incompatível com o tipo de tráfego da ponte", acrescentou a fonte. Com o conhecimento das conclusões do estudo, "espera a REFER estar em condições de calendarizar as intervenções que se entenderem por convenientes", concluiu a fonte.

Texto: Rádio Geice (17.10.2011)

Comentários

  1. A obra mais ruinosa da região!
    Quanto mais útil e barato teria sido a construção duma ponte nova - mas preferem parques inúteis e subterrâneos que obrigam a obras milionárias, à conta do erário público, para serem rentabilizadas ("arranjos" do campo da agonia!)...
    Como o tempo perdido, os custos de combustível e o transtorno causado nos últimos anos aos cidadãos, são desprezíveis para os políticos, devem continuar a ver-se satisfeitos ao espelho ...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Nove praias em Viana com “Qualidade de Ouro”

Sábado Florido em Viana

WRC Vodafone Rally de Portugal 2018 passa amanhã em Viana