Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Desleixo e abandono de património no interior do Castelo de Santiago da Barra

O Castelo de Santiago da Barra, em Viana do Castelo, já foi por mim visitado dezenas de vezes, mas só na semana passada me apercebi da existência no seu interior do fontanário que as fotografias documentam.
Indignou-me ver o estado de degradação e abandono a que está votada aquela relíquia (segundo inscrição no seu interior pode ler-se a data de 1794?).
Um equipamento que pela importância que teve noutros tempos merecia ser melhor preservado, pois faz parte do nosso património colectivo. Era bom que houvesse por parte dos responsáveis das duas entidades que presentemente estão instaladas no interior do Castelo (Escola de Hotelaria e Turismo e Turismo do Porto e Norte de Portugal), a sensibilidade necessária para que tal património fosse mais valorizado.




Comentários

Anónimo disse…
Ora vejamos! Não é a Câmara Municipal quem tem gasto rios de dinheiro em coisas como Centros Naúticos para tudo e mais alguma coisa? Porque não recuperou o Castelo. O Instituto do Património agradece! Já agora...olhem para o Castelo Velho!
Rosa Maria disse…
Segundo li algures o Castelo de Santiago da Barra foi cedido em 1982 pela Direcçcão Geral do Património do Estado à então Região do Turismo do Alto Minho (RTAM)actualmente Turismo Porto e Norte de Portugal. Por conseguinte não vejo qual a razão de incubir à Câmara Municipal qualquer melhoramento naquele equipamento.
Laurinda Afonso disse…
Não se compreende como um monumento como o Castelo Santiago da Barra, que atrai todos os anos milhares de visitantes, mantem o seu interior e exterior tão descuidado. É desleixo e sujidade por todo o lado.

Mensagens populares deste blogue

PRAIA NORTE | Marginal pedonal vai abrir ao público

VIANA DE ANTIGAMENTE | Chafariz da Praça

VIAGENS À MINHA PRAIA | Na Praia do Cabedelo com Melânia Gomes

VIANA | Bicicletas desafiam os degraus do escadório de Santa Luzia

VIANA | Quinhentos dançarinos juntam-se para mais um Festival de Folclore Internacional