Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Igreja de Santo António vai ser recuperada


A Igreja do Convento de Santo António, construída em 1625, que é uma das mais importantes igrejas de Viana do Castelo vai finalmente ser sujeita a obras para travar o estado de degradação em que se encontra. 
Esta igreja foi cedida pela Câmara Municipal de Viana do Castelo à paróquia de Santa Maria Maior,  há cerca de cinco anos. 
Na altura da cedência o edifício já se encontrava a necessitar de obras urgentes, mas por falta de recursos da diocese nunca chegaram a realizar-se. 
Devido ao edifício, que se encontra encerrado há cerca de quatro anos, estar em adiantado estado de degradação e a necessitar de intervenções urgentes principalmente ao nível de paredes e telhado, a Câmara de Viana do Castelo vai avançar com uma ajuda financeira de emergência de 35 mil euros e assim possibilitar a intervenção. 
Lamenta-se que a degradação deste Templo tenha chegado a este ponto, até porque o seu interior possui talha riquíssima, frescos do século 17 e duas catacumbas lindíssimas, que certamente o seu estado de conservação tem vindo a agravar-se com o passar do tempo.

Comentários

Anónimo disse…
Não percebo algumas coisas. Tendo igrejas lindíssimas em estado de degradação tão avançado e fazem-se outras (que na minha opinião não estão a acrescentar nada à cidade). Mas mais vale tarde do que nunca...
Igrejas em ruinas na cidade disse…
A igreja de S. Bento também precisa de obras com urgencia já há muito tempo.
Caso não tomem providencias também pode entrar em ruinas.
Anónimo disse…
...finalmente...
Anónimo disse…
Não se entende como se deixa chegar a este estado de abandono uma igreja com tanta história para a cidade de Viana do Castelo.

Mensagens populares deste blogue

PRAIA NORTE | Marginal pedonal vai abrir ao público

VIANA DE ANTIGAMENTE | Chafariz da Praça

VIANA | As piscinas de marés

"World Explorer" made in Viana do Castelo

ESCADÓRIO DE SANTA LUZIA | Descer 659 degraus de bicicleta... uma proeza de cortar a respiração