Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Cartaz e programa da Romaria da Senhora da Agonia 2012 já foram apresentados

Foram apresentados ontem sexta-feira, 13, pela VianaFestas - Associação Promotora das Festas da Cidade, o Cartaz e Programa da Romaria de Nossa Senhora d´Agonia 2012. Na edição de 2012, a Romaria tem como temas "Naipe Doceiro das Gulodices Vianenses - Doçaria Conventual, Tradicional, das Romarias - A Arte da Canelografia". 
Pela segunda vez em mais de cem anos de história, a concepção do cartaz oficial da Romaria foi feita através de concurso público e pela primeira vez com direito a prémio monetário (500€). 
A exemplo do ano passado, os restantes trabalhos concorrentes serão expostos durante o período da festa.


Veja aqui o Programa Geral da Romaria da Agonia 2012 

Comentários

  1. Valores novos a descobrir14 de julho de 2012 às 16:50

    Parabéns ao Sr Candido Alberto Carvalho pelo seu trabalho fotográfico.
    Apesar de estar esquecido pela nossa cidade , lembro que já em anos atrás fez alguns trabalhos dignos de um bom Cartaz.
    Houve um ano em que o Cartaz de Viana foi uma autentica vergonha , muito longe das contendas e confusões de à dois anos atrás.
    Tive a oportunidade de o ver e expor.
    Na altura admiraram tanto o trabalho de fotografia que me perguntavam se era efectivamente o cartaz.
    Vá em frente , tem valores que muitos Vianenses desconhecem.
    Mostre aos conhecidos da cidade que regularmente ganham , que também há gente anónima que tem valor e pode concorrer à altura.
    À Ana Moreno os meus parabéns por ter sido escolhida como Mordoma da Festa representando assim a freguesia de Outeiro.
    É aquilo que um Cartaz merece uma cara jovem e bonita.
    Quantos aos bolos ficam apenas para os gulosos se deliciarem.

    ResponderEliminar
  2. Finalmente o Cartaz das Festas de Viana encontrou o caminho certo15 de julho de 2012 às 12:29

    Parabéns pela escolha do Cartaz das Festas da Sra da Agonia do Ano de 2012.
    Tem côr e apresenta uma jovem bonita.
    Caracteristica essencial das mulheres das aldeias da nossa região.
    O Fato em questão é o verdadeiro fato da festa apresentado sempre em ocasiões especiais.
    Todas as raparigas das freguesias envolventes á cidade ,o destacam apresentando algumas variantes ( O lenço e alguns pormenores) para identificar a freguesia em questão.
    Quanto aos doces , estão bem caracterizados.
    O arroz doce, e os bolos da romaria eram as " gulocides " que regularmente apareciam nas nossas festas de aldeia , nos leilões e nas"tendas ambulantes "que visitavam as romarias.
    Estes bolos eram simplesmente caseiros , eram executados duma forma artesanal por gente simples que pretendia angariar alguns "cobres ", como se dizia no tempo da minha avó.
    Mais uma vez PARABÉNS , parece que a escolha do CARTAZ encontrou definitivamente o caminho certo !

    ResponderEliminar
  3. Fico contente que o cartaz tenha agrado, porque a mim não agradou nada... Primeiro acho que ao nível da cor esta muito próximo do cartaz do ano passado, já que temos concurso e várias escolhas podiam ter tentado fazer isso.
    Acho também que esta bastante fraco gráficamente, desde o tipo de letra até a sua colocação, a leitura fica um bocado difícil, estou a falar do meu gosto pessoal, acho que o júri deve ser composto por pessoas que percebem de artes gráficas e design gráfico, se não for, tenho muita pena que uma cidade com um curso de artes gráficas e design não tenha ninguém a ajudar a escolher um cartaz que vai representar a cidade.
    Para finalizar não tenho nada contra quem fez o cartaz ou com quem lá aparece, mas muito mais com quem o escolhe, que se calhar dá mais importância a pormenores que passam despercebidos a maioria das pessoas (estou a falr dos trajes, dos lenços etc) e esquecem se da composição do letring, das cores da leitura, mas isso já sou eu a divagar, se calhar não era má ideia um concurso para escolher o júri, que vai apreciar o cartaz...

    ResponderEliminar
  4. Tanta polémica gerou o fato de em anos anteriores não haver haver concurso público para a concepção do cartaz da Romaria da Agonia. Agora que o há, poucos são os que concorrem e a qualidade do cartaz continua na senda dos anteriores, sem novidades, sem grandes inovações e com uma gritante falta de imaginação. Onde estão os críticos. Por que não apresentem as suas ideias?

    ResponderEliminar
  5. Valhamedeus... pobre, pobre, em quase todos os aspectos, trabalho amador. A composição roça o estéril, a própria foto tem alguns erros de palmatória, o lettering nem merece comentários possíveis, as colagens... sim porque são autenticas colagens infantis, minha nossa Sra da Agonia que deves andar aos saltos! Sinceramente o calibre da nossa festa merecia algo de muito superior. Não tenho nada contra o senhor em questão mas com tanto criativo e cursos de design por ai espalhados e desperdiçados como é possível alguém permitir uma mediocridade destas. Cheira-me fortemente aos vícios de sempre, como vianense chega a doer.

    ResponderEliminar
  6. Não gosto. Não tem, absolutamente, nada de original. Todo ele é desproporção. Simplesmente montagens. O tipo de letra é péssimo, nada sobressai a não ser dois "pratões" com arroz doce e doces. Pobríssimo. Ou os outros cartazes eram fraquíssimos, ou o júri não percebe o mínimo de fotografia.

    ResponderEliminar
  7. As Festas da Agonia não precisa deles para nada...16 de julho de 2012 às 21:10

    Coitados dealguns "designers" ,dos tempos modernos que não estam habituados a trabalhar no duro,tiram uma licenciatura a conta dos pais e julgam que são "gente".Que são doutores "
    Aproveitam tudo ao pormenor julgando tudo e todos.
    Os cartazes das festas de Agonia já em tempo distantes foi sempre feito por amadores, gente que gostava da sua terra ," designers" nesse tempo nem eram nascidos. Alguns destes novos profissionais tiram cursos para estar na prateleira a ganhar pó ,não toleram nada, nasceram para dizer mal , criticar tudo e todos.
    Só eles é que são bons conhecedores das tecnicas , das linhas, da treta,......
    O cartaz está interessante , e que não gostar que se mude.
    Os cartazes não são feitos por e para licenciados , mas sim para para o povo , que gosta das suas festas e romarias.
    Que aproveitem e façam cartazes para os festivais de rock and roll.
    As festas da Agonia não precisam deles para nada.
    Continuam a bom ritmo e serão sempre a maior Romaria de Portugal .

    ResponderEliminar
  8. "Coitados dealguns "designers" ,dos tempos modernos que não estam habituados a trabalhar no duro,tiram uma licenciatura a conta dos pais e julgam que são "gente".Que são doutores ""

    (calculo que falte por aí uma Licenciatura, ou mesmo o ensino básico):
    - "designers" dos tempos modernos (sem vírgula).
    - EstÃO e não "estam".
    - à


    "Os cartazes das festas de Agonia já em tempo distantes foi sempre feito por amadores, gente que gostava da sua terra ," designers" nesse tempo nem eram nascidos. Alguns destes novos profissionais tiram cursos para estar na prateleira a ganhar pó ,não toleram nada, nasceram para dizer mal , criticar tudo e todos."

    - A continuar assim esses cursos irão continuar na prateleira. Neste momento existe tanta oferta de emprego que não estou a ver que jovem licenciado possa precisar de 500€. E partir do princípio que nenhum destes novos profissionais não gosta da sua terra é um pensamento muito triste.


    "Os cartazes não são feitos por e para licenciados , mas sim para para o povo , que gosta das suas festas e romarias."

    - Pobres Licenciados... infeliz elite que não consegue descer ao nível do povo e gostar das suas romarias...

    ResponderEliminar
  9. É certo , que possa ter escrito algum pormenor sem virgula, ou mesmo uma palavra errada.
    Quando nasci os computadores eram uma miragem.
    Naturalmente não tenho que me preocupar , o pouco que sei chega bem para mim.
    Continuo a dizer a dizer que somos uma terra de gente "mesquinha",e invejosa que não tem nada para fazer e passa o tempo a criticar.
    Não trabalham e não se agarram a outras actividades , nasceram para ser licenciados ...... ganhar 500.00 euros é repugnante, como se pretende dizer , então meu amigo pode esperar sentado porque o seu curso vai ganhar muito pó na prateleira.
    Mesmos os bons se enganam , quantas vezes vemos jornalistas a dar " Gafes "e até politicos dar um sentido errado ao discurso.
    Não é isso que interessa, a sua correção é prepotente , quer dar entender , que é mais esperto.
    Concerteza compreendeu a minha mensagem ....... o resto que pretende dizer não me afecta não preciso da sua licenciatura para nada , sou maior , e já fiz obra.
    Quanto a si , deve ser daqueles anda atrás de algo que não encontra .... emprego.

    ResponderEliminar
  10. Vira o disco e toca o mesmo. Onde estão os críticos? Tanta polémica por não haver concurso, agora que o há, os que criticavam o modelo anterior parece que andam desinspirados ou não se dão ao trabalho de apresentar as suas ideias geniais.

    ResponderEliminar
  11. Com concurso ou sem concurso, não se vê inovação nenhuma na conceção do cartaz. Tudo muito igualzinho (fraquinho) aos restantes anos.

    ResponderEliminar
  12. O cartaz é feito por um fotografo provavelmente o mesmo do ano passado. Deve haver aqui trocas de favores de algum género nem interessa agora... No juri havia um representante da APD (associação portuguesa de designers)mas contra outros 6 que não percebem nada do assunto incluindo a Real Irmandade? não poderia fazer grande coisa. Este cartaz é um desastre ao contrario do site vianafestas,com.pt (muito bem conseguido).
    Basta olharem para os vizinhos de Guimarães para perceberem o que se anda a fazer pelo mundo e como se chamam turistas e se divulgam as coisas. Já vi por aqui comentários daqueles que batem no peito por Viana... a questão nada tem a ver com isso. Tem a ver com o encontrar a melhor solução para um problema-divulgar a festa, atrair mais gente, chegar mais longe. Estes cartazes parecem dum bailarico qualquer, de uns amigos se lembraram de fazer uma festinha. Escolha e colocação tipografica muito má, montagem das imagens à chapa, etc.

    ResponderEliminar
  13. não gosto de criticar ninguém , porque ninguem é perfeito , mas na minha opiniã o cartaz poderia estar bastante melhor , a rapariga nao é a melhor e a imagem dos doces estao muito mal colocados . Estive a ver as propostas de cartazes e ha cartazes bem bonitos e ate me arrisco a dizer que estao magnificos . mas opinioes sao opinioes .

    ResponderEliminar
  14. Parece-me que atacar quem fez o cartaz ou quem usa deste espaço para fazer o seu comentário só leva e que se perca tempo. O concurso, tanto quanto sei era aberto a amadores e a profissionais, que apresente as suas ideias quem as tiver. Fico, contudo, de algum modo satisfeita por ver que o cartaz das festas provoca estas paixões. De facto Viana do Castelo é uma cidade de criativos e, nesse sentido, o cartaz que promove a romaria deveria ser um exemplo de design gráfico pois, queira-se ou não, estamos no século XXI e o deste ano não o é, pelas razões aqui apresentadas por quem é mais entendido do que eu. Parece-me que do júri que seleciona o vencedor deveria fazer parte um criativo / designer que pudesse avaliar estas questões. E, já agora, somos todos vianenses e as críticas, desde que educadas, devem ser feitas, daí não recorrer ao anonimato.

    ResponderEliminar
  15. Para um cartaz ficar bonito e atraente não precisa de ter muita coisa!... O essencial é fazer uma boa montagem e que todos os elementos combinem na melhor forma possível! Em relação ao cartaz deste ano, eu adoro o fundo que mostra o fogo de artifício! O tipo de letra podia ser um pouco melhor sem precisar de ser demasiado extravagante! A modelo do cartaz, bem... ela está bem posicionada mas estou um bocado intrigada com a maneira como o lenço de peito está colocado!!... E além disso, a modelo do cartaz é mais bonita ao vivo, acreditem!! :) Mas a doçaria representada no cartaz não está lá muito bem, na minha opinião! Parece que está a "flutuar"... Mas seja como for, gosto do "Arroz Doce" e dos doces tradicionais no cesto! :) Mas... não seria melhor colocarem a modelo a segurar o "Arroz Doce" ou o cesto de doces?...
    Para mim o cartaz está bom e gosto da combinação das cores sem muito exagero! :)
    Mas penso que a parte da doçaria poderia ser melhor trabalhada e não era preciso colocá-la assim tão em grande plano!!... Pois a representação da doçaria tradicional podia muito bem ser mais súbtil... O cartaz ficava bonito na mesma!! :D

    Que a Romaria da Senhora d' Agonia seja mais uma vez realizada com toda a sua alegria e grandeza de sempre!! E eu estarei lá!!! (:

    ResponderEliminar
  16. Estes comentários estão a tornar-se desadequados ao assunto que se quer tratar. Acho que os participantes deste concurso se interessavam mais se vissem aqui postado críticas sobre o cartaz e não criticas sobre quem percebe ou não do assunto.
    Eu não sou vianense, mas sou um admirador da cidade de Viana e da romaria da Sra. da Agonia e como forasteiro também não fico agradado com o cartaz deste ano. As pessoas só vão à romaria porque já conhecem e sabem que é uma grande festa, porque quem não sabe, não vai perceber a grandiosidade da romaria pelo cartaz. Que está pobre! São 4 fotografias coladas num cartaz, para o efeito que se quer, pedia-se mais um pouco de cor e luz, um lettring mais elaborado, para, pelo menos obter uma boa visibilidade. Não quero criticar nem o autor, ou autores do cartaz nem o júri, mas acho que a opinião das pessoas pode contar para uma próxima; pode ser que este cartaz sirva de exemplo para o próximo ano, mas para não se voltar a repetir, visto que os cartazes se começam a tornar repetitivos de ano para ano. Eu falo porque sei do que estou a falar, e para o ano, se voltar a haver concurso, eu faço questão de participar, mesmo sendo forasteiro das terras de Viana do Castelo.

    ResponderEliminar
  17. Não sou especialista, mas o cartaz parece-me mesmo muito pobre e antiquado para a dimensão da festa, que se diz ser a maior romaria do país.

    Quanto à resposta do senhor que se ofende pelos comentários dos licenciados, o argumento da gente mesquinha e invejosa já passou de moda e vejo-o apenas como um argumento de quem resiste à mudança que tanta falta faz ao nosso país e não tem a humildade necessária para compreender que, quando são muitos a dizer o mesmo, alguma razão terão. Neste país não se critica apenas negativamente, também há muitas coisas boas a serem feitas diariamente e bastante valorizadas.

    É hora de dar oportunidade a quem pode fazer melhor.

    Rui Costa

    ResponderEliminar
  18. Para o ano concorra ,mostre o que vale.16 de agosto de 2012 às 13:19

    Resposta ao Sr. Rui Costa :
    No seu comentário diz que são muitos a dizer o mesmo ? Que o cartaz está antiguado !
    Quantos .....uma ninharia.
    A melhor resposta ao seu comentário é ver o carro do cartaz ser aplaudido por milhares de pessoas que vão ver e apreciar o cortejo etnográfico.
    Quando se tratou da polémica do cartaz á dois anos atrás , que maltrataram e cruxificaram uma moça por ter sido fotografia do CARTAZ de Viana em 2010.
    Vi com os meus olhos ser aplaudida por muitas pessoas.
    Os criticos à beira dessa gente eram uma "ninharia", logo portanto não considero relevante o numero de pessoas que criticam o actual cartaz, são os mesmos nasceram para dizer mal , gostavam de lá estar.
    Além do mais houve um concurso com regras e com tema.
    Se não gostou concorra , faça como os outros ,tente fazer melhor, o acesso é livre para toda a gente.
    Quanto ao prémio apesar de ser um valor baixo conforme-se com o que há é melhor que nada.
    Para o ano á mais , mostre o que vale.

    ResponderEliminar
  19. Eu sou do Canada entao desculpem o meu Portugues, so' queria dizer que embora nao seja muito boa este pcartaz, e' mil vezes melhore que o do ano passado!!!! Mas, dizendo isso, e' possivel muito mehor, mais moderno e professional.
    Eu estou escrever estas palavras em Toronto, Canada, isso serve para confirmar que nao e' so' em Portugal se ve o cartaz, mas pelo mundo fora... Esta grande antiiga festa MERECE um cartaz maraviloso :)

    ResponderEliminar
  20. Para o Ano há mais-18 de agosto de 2012 às 21:16

    Sr. Rui Costa informo que o carro alusivo ao Cartaz das Festas foi aplaudido por centenas de pessoas que estavam por perto da bancada onde tive o prazer de apreciar o cortejo.
    ( Avenida dos Combatentes da grande Guerra)
    A figurante ( Lavradeira de Outeiro)ao natural ainda é mais bonita do que em papel, como vê enganou-se redondamente , esta foi aplaudida por milhares de pessoas ao longo do percurso do mesmo .
    Só o Sr e alguns é que discordam , e para o ano 2013 a conversa vai ser a mesma .
    Espero que o seu cartaz a concorrer , seja o melhor e ganha para provar aquilo que vale.

    ResponderEliminar
  21. Numa coisa tem razão: a forma como vemos as coisas é sempre relativa, cada um vê à sua maneira e como mais lhe convém. Para o ano podia concorrer e fazer um cartaz do género do deste, apesar dos parcos conhecimentos nesta área, mas o facto é que este cartaz é básico.

    Não quero estar a alongar mais esta discussão consigo.

    Penso que seria uma boa aposta divulgar mais esse concurso, pois não deverão faltar jovens designers capazes de elaborar um cartaz merecedor de ser o rosto da publicitação da festa da Sra. da Agonia.

    Rui Costa

    ResponderEliminar
  22. Vaias e apupos desnecessárias no Cortejo durante a entrega de doces na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra19 de agosto de 2012 às 10:01

    Durante a exibição do Cortejo Etnográfico do Ano 2012 na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra alguns elementos do Cortejo ofereciam duma forma simpática alguns bolos aos expectadores.
    Compreendo que não era possivel dar a toda as pessoas no entanto faço um reparo:
    Já muito depois de o carro alusivo às Confeitarias ter passado na tribuna e ter oferecido doces , dois elementos voltaram atrás , com dois grandes tabuleiros para entregar doces não sei a quem.
    As pessoas confirmaram que não se destinavam ao publico em geral.
    Uma serie de apupos e assobios cairam em cima dos elementos que tranportavam os doces.
    Foram bem assentuados e barulhentos , como cidadão e vianense não gostei de ver .
    Espero que a Comissão e Responsáveis do Cortejo revejam estas situações desagradáveis e evitarem " Vaias " , quando tudo estava a correr bem.
    Os expectadores não toleram diferenças.
    As pessoas sentiram-se ofendidas da forma como o fizeram.

    ResponderEliminar
  23. Notas de uma apreciador da Arte Regional,do Folclore e dos Costumes da nossa terra.21 de agosto de 2012 às 13:23

    A Comissão responsável pela execução do Cortejo Etnográfico do ano 2012, está de parabéns.
    Reconheço e fico satisfeito , em saber que o Professor Rego se empenha em corrigir alguns pormenores históricos.
    É uma tarefa dificil de concretizar ,convencer as pessoas que não se deve colocar ouro duma forma exagerada e incorrecta, não é facil !
    As " Expert`s " na colocação do ouro, porque as há, já ouvi da sua boca dizer " Disto percebo eu ".
    Inventaram uma babete , onde dispõe o ouro a seu belo prazer , fazendo " Batota".
    Os trancelins, os cordões dão a volta completa ao pescoço da mulher.
    Pela 1a vez verifiquei uma grande preocupação em corrigir " Deturpações " que vinham a ser postas em prática ao longo destes ultimos anos.
    A colocação do ouro estava a tornar-se um despique como regularmente se faz em Santa Marta.
    Passo seguinte na literatura regional também se deve dar uma atenção e cuidado sobre o assunto.
    As fontes de hoje serão a informação do amanhã.
    Tudo o que foi " Mal escrito "é um virar de página , redigido bem ou mal será noticia mais tarde.
    Não se pode admitir que numa obra recente " O Uso do ouro nas Festas da Senhora da Agonia ", quando aborda o ouro diz a dado momento .... é uma tradição.
    A Autora confirma a utilização de babetes e do uso do ouro em quantidades exageradas.
    Pretende dar a entender que esta é a forma corrente da as Lavradeiras , Mordomas e noivas se apresentam desta forma na Romaria de Viana do Castelo, quando não é verdade.
    Pretende-se que a informação histórica seja sempre igual ao longo dos tempos para bem do Folclore.
    PARABÉNS mais uma vez pela sua preocupação.

    ResponderEliminar
  24. O Ouro deve ser usado com conta e medida!11 de outubro de 2012 às 23:54

    Há algum tempo atrás vi um pequeno video abordar o ouro nas Festas da Senhora da Agonia.
    Não sou mestrado mas tentar fazer crer que as mulheres de Viana se ouravam desta forma "valha-nos Deus ".
    A Babete inventada nos anos 70 para " tranportar "o ouro obriga a mulher a colocá-lo de uma forma incorreta , quando todos sabemos que as peças não são desta forma que se colocam.
    A autora do texto não menciona que quem as utiliza não coloca o ouro corretamente, fazendo "batota", quando os cordões dão a volta completa ao pescoço.
    As fotografias antigas apresentadas não era o geral e corrente .Também conheço muitas fotos antigas " do Povo " do meio rural que não se apresentavam desta forma.
    Quanto mais as pessoas apresentadas nas fotos não apresentavam essas formas de colocação das peças desde , ganchos, braceletes do pulso no peito ,etc..
    Curioso esta forma de ver , faz-me lembrar alguns postais quando apresentam a lavradeira a puxar um carro de bois , carregada de ouro ..........ou a cortar erva cheia de ouro.
    Aqui há meia duzia de anos vi em Viana um cartaz de uma romaria de uma aldeia para os lados de Ponte de Lima ,uma Noiva a puxar um carro de bois....
    Podemos " inventar" o que queremos mas fazer crer que era o geral!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

VIANA | Dia de Feira

Viana do Castelo 8.º concelho mais exportador do norte em 2016

VIANA | Atleta vianense recebe apoio para “atacar” Jogos Olímpicos