Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

A “maior árvore natural de Natal da Europa”, acende-se sexta-feira em Viana do Castelo

A iluminação daquela que é considerada a maior árvore de Natal natural da Europa, localizada no centro de Viana do Castelo, vai ser ligada na sexta-feira, com mais de 40.000 lâmpadas. 
A iluminação desta árvore com 50 metros de altura acontece há vinte anos e, em 2012, envolveu a colocação de 34.200 micro lâmpadas e 600 lâmpadas incandescentes e de “flash”. 
A ornamentação, que só será terminada na sexta-feira, recorre ainda a 30 estrelas, com cerca de 4.300 lâmpadas, e 20 bolas, com 50 centímetros de diâmetro e com 2.500 lâmpadas de tecnologia de baixo consumo (LED), sobressaindo tons de cristal e vermelho. 
Esta araucária excelsa, uma espécie originária da Austrália, está situada no jardim do antigo Serviço de Luta Anti-Tuberculose (SLAT), próximo da Igreja de Santo António e à margem da Avenida 25 de Abril, sendo a iluminação vista em todo o perímetro da cidade. 
A decoração, que todos os anos é assegurada manualmente, obrigando à escalada de dois técnicos até ao topo da árvore, está a ser feita por uma empresa de Guimarães. 
Segundo fonte da autarquia, que assegura os custos com esta decoração, a iluminação será ligada pelas 18:00 de sexta-feira, mantendo-se até 6 de Janeiro, tal como a ornamentação colocada nos principais pontos da cidade. 
A Câmara de Viana do Castelo garante tratar-se da "maior árvore de Natal natural de Europa", a qual, desde 2010, que tem o título de "interesse público"
Esta classificação, atribuída pela Autoridade Florestal Nacional, impossibilita que a árvore seja cortada ou desramada sem autorização prévia, sendo todos os trabalhos efectuados sob orientação técnica daquele organismo.
Fonte: LUSA

Comentários

  1. Este ano as iluminações natalícias das ruas da cidade estão muito pobrinhas. Se não há dinheiro, mais valia não pôr nada.

    ResponderEliminar
  2. Assim se vai destruindo património da nossa cidade.18 de dezembro de 2012 às 13:35

    Estou triste:
    Passei hoje na Rua Candido dos Reis , hoje denominado Passeio das Mordomas e reparei que destruiram uma das arvores mais belas e ornamentais da nossa cidade.
    Destruiram uma arvore secular porque fizeram uma " poda " debastadora que a curto prazo levarão á morte lenta da arvore.
    Além de ser uma arvore denominada " Magnólia "com uma certa longevidade , tinha a particularidade de primeiro aparecer as flores e posteriormente as folhas dando ao local uma beleza impar.
    Este ano vai-se notar bem a diferença, os seus ramos são diminutos e a breve tempo morrerá.
    Foi propriedade de José Augusto Palhares Malafaia falecido em 25 de Abril de 1910, deixou a sua biblioteca sobre Botánica à Camara Municipal de V. do Castelo, sendo um grande apreciador de Flores.
    Para além da Magnólia existe uma Palmeira e plantas exoticas , tais como fetos e outras variedades.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

VIANA | Os Monumentos Nacionais da Praça

VIANA | O Jardim Público noutros tempos

VIANA | Iluminações de Natal acendem-se a 1 de dezembro