Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

''Cais de Viana'' espaço de rara beleza continua vazio

Aberto em 2005, depois de obras de recuperação e remodelação do antigo edifício da Marina de Viana do Castelo, junto ao rio Lima, o Complexo Turístico Cais de Viana, criou na altura um conjunto de unidades de restauração e lazer que deu àquele lugar uma nova vida.
Desde os bares "Irish" e "Caffe del Rio", aos restaurantes do rodízio brasileiro e comida indiana, todos foram encerrando aos poucos, até que o complexo ficou totalmente deserto.
O Cais de Viana foi na altura concessionado pela autarquia, por um período de 30 anos, ao Grupo Douro Cais, que agora pretende instalar naquele espaço negócios vocacionados para a náutica e atividades ligadas ao rio, conservando ao mesmo tempo áreas para a restauração.




Comentários

Investir em Viana é uma miragem. disse…
Fui cliente de todos os restaurantes implantados no Complexo da Marina.
Viana não tem clientela para determinado tipo de restauração.
Certo tipo de serviços tem custos e quem abriu não fazia ideia onde se ia meter.
O encerramento era o fim que todos mais dia menos dia iria acontecer.
O ultimo restaurante a fechar nem com diárias conseguiu sobreviver. Fez um pouco de tudo , karaok, festas em grupo, musica ao vivo.... etc...
Investir em Viana é uma miragem.
capitão disse…
Ora bem! Até que enfim alguém põe a tónica em espaços dedicados ao rio.
Deixemo-nos de vaidades e não pensemos o edifício dirigido a elites que não existem.
Aquele espaço é para a miudagem ir treinar remo, enquanto os pais bebem um café a olhar para o rio.
Ponto final.
Um vianense disse…
Complexo instalado num local espetacular, mas infelismente nada resulta naquele espaço.

Mensagens populares deste blogue

PRAIA NORTE | Marginal pedonal vai abrir ao público

VIANA DE ANTIGAMENTE | Chafariz da Praça

"World Explorer" made in Viana do Castelo

ESCADÓRIO DE SANTA LUZIA | Descer 659 degraus de bicicleta... uma proeza de cortar a respiração

Romaria D’Agonia 2017 | Programa provisório