Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Ainda (e sempre...) o Largo de Santa Catarina

Já por várias vezes aqui referi a situação (muito comum) dos carros em cima do passeio no Largo de Santa Catarina, na Ribeira de Viana do Castelo. 
Nesta zona (e não só) da cidade, os automóveis parecem ter livre trânsito e estacionam em cima dos passeios com toda a naturalidade, tal é a incompetência dos responsáveis (Câmara e polícia), que aparentam ignorar tais condutas, e multar por estes lados não deve ser muito habitual, caso contrário, certamente não haveria tanta gente a "habilitar-se". 
Já ouvi muitos automobilistas dizerem que estacionam assim porque não há outro lugar. Acontece que, a pouco mais de cem metros (junto ao Monumento à Mulher Vianesa e edifício do ISN, nas proximidades da muralha poente do Castelo de S. Tiago da Barra), lugares são coisa que não falta e de borla. 
Já me aconteceu a mim e a outros amigos meus, ao caminharmos neste local, sermos confrontados com a inevitabilidade de ter-mos de estar de olhar atento à retaguarda, tal é a frequência de automobilistas a circular no passeio, à procura de um “buraco” para estacionar, não raras vezes chegando ao cúmulo de fazerem sinais de luzes para nos desviar-mos. 
O problema não é só da falta de civismo dos automobilistas, é também das autoridades que "deixam fazer" ou "não se importam" que tais situações aconteçam.

(clique na imagem para ampliar e ver melhor)

Comentários

RG disse…
A Estrada de Santa Luzia, perto dos acessos do Hospital, merecia mais destaque do que esta praça, pelas dificuldades de circulação que coloca, nomeadamente de ambulâncias. Com a complacência, esporadicamente interrompida, da PSP.
Anónimo disse…
Eu aqui já ia sendo atropelado e o "condutor"da viatura ainda se achava com razão,sobem e descem nas rampas das passadeiras e isto é todos os dias.As autoridades fazem-se de cegos para não terem trabalho e chegamos a este descalabro.
Anónimo disse…
Hoje estavam bem mais carros que na fotografia.

O passeio era mais um parque de estacionamento que um local para peões, mas isso para esta gente é o menos importante.

Importante, importante, são mesmo eles.

O que é lamentável é que esta gente vai continuar a fazer o mesmo e a defender-se como sempre, com o velho discurso do coitadinho que é coisa que rende, rende, rende.

E o que é mais incrível, é que os críticos do tudo e do nada tão presentes nesta terra, nunca vêem estas imagens.

Possivelmente estarão de férias nestas ocasiões.
Agulheta disse…
Boa tarde.Me fiz seguidora deste blog porque Viana está no meu coração,adorava morar ai,infelizmente não posso.Tenho por esta cidade grandes ligações de afeto. Realmente no caso que aqui apresenta,tem muita razão,é o que a cidade esta mal dotada,estacionamentos.Depois todos eles são a pagar e muito caros,o que a câmara devia olhar.Já estive a morar ai na cidade e se queria ter o carro minimamente protegido era no parque e muito caro.Desta forma não se leva pessoas a querer ficar noutra terra.Gostei muito do blog e por aqui virei sempre que possível. Abraço

Mensagens populares deste blogue

GIL EANNES | Um Navio com história e memórias

VIANA | Praia de Paçô é uma das 10 melhores praias secretas para o “The Guardian”