Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Elevação de Viana a Cidade foi há 166 anos

Viana do Castelo assinala hoje, dia 20 de Janeiro, o 166º aniversário da elevação a cidade. 
Foi em 1848, por força de Carta Régia, no reinado de D. Maria II, que a Vila de Viana do Minho ou Viana da Foz do Lima (na altura surgia nos documentos com diversas designações), foi elevada à condição de Cidade com a denominação de Viana do Castelo. 
Reza a história que este gesto da Rainha se deveu ao reconhecimento da heroica resistência e lealdade do comandante do Castelo de Santiago da Barra, aquando da guerra civil da Patuleia. 

Transcrição da Carta Régia datada de 20 de Janeiro de 1848, que a Rainha D. Maria II enviou à Câmara de Viana. 

(o texto apresentado em baixo, foi retirado do livro “Viana do Castelo 75 Décadas de História 75 Figuras Notáveis” da autoria de Euclides Rios e Edgar Afonso) 

"Atendendo a que a Vila de Viana do Minho possui os elementos e recursos necessários para bem sustentar a categoria de cidade, derivados da sua extensão e vantajosa posição topográfica, da riqueza e importância comercial e da qualidade dos edifícios de que é composta; e tomando igualmente em consideração os importantes serviços prestados ao Estado, pelos seus habitantes, e os sentimentos de lealdade e constante adesão ao Trono e à Carta Constitucional da Monarquia, que eles, em diferentes épocas, têm manifestado por atos de acrisolada devoção cívica e heroicos feitos de valor, Por estes respeitos e deferindo à suplica da Câmara Municipal da mencionada Vila, em vista da informação do Governador Civil de Viana, e da resposta fiscal do Procurador Geral da Coroa, com a qual Me conformo: Hei por bem e me praz, que a Vila de Viana do Minho fique erecta em cidade com a denominação de Cidade de Viana do Castelo, e que nesta qualidade goze de todas as prerrogativas que direitamente lhe pertencem e Mando que pela Secretaria de Negócios de Estado do Reino se passe carta à Câmara Municipal daquele concelho em dois diferentes exemplares, um deles para seu Titulo e outro para se remeter ao Real Arquivo da Torre do Tombo. 0 Ministro e Secretário de Estado dos Negócios do Reino assim o tenha entendido e faça executar. Paço das Necessidades, em vinte de Janeiro de mil oitocentos e quarenta e oito = Rainha = Bernardo Gorjão Henriques".

(clique na imagem para ampliar e ver melhor)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

GIL EANNES | Um Navio com história e memórias

VIANA | Praia de Paçô é uma das 10 melhores praias secretas para o “The Guardian”