''VIANA VAIDOSA'' junta moda, música, dança… no Centro Cultural

"VIANA VAIDOSA", Viana do Castelo
Durante os dias 11 e 12 de março vai realizar-se o “Viana Vaidosa”, evento de moda, entretenimento e música que vai reunir no Centro Cultural de Viana do Castelo o melhor comércio local de Viana representado por 25 lojistas, espetáculos de dança, música e representação, vários desfiles, montras vivas e um concurso de modelos para jovens dos 13 aos 20 anos de idade, estudantes/residentes no distrito de Viana do Castelo. 
Promovido por Fama Kom Klasse, “Viana Vaidosa” visa dinamizar e promover a cidade e o comércio local tendo por base a moda. 
O evento “Viana Vaidosa” integra as seguintes ações: 
• Ações de música, dança, teatro promovidas por grupos locais durante os dois dias do evento; 
• DJ’s; 
• Espetáculos de entretenimento e surpresas proporcionados pelo Grupo Spirit (Brand Entertainment);
• Rubricas com Bloggers, Vloggers, Consultoras de Imagem, Fashionistas e Maquilhadoras locais e nacionais; 
• Rubricas com estilistas e criadores de coleções; 
• Workshop ministrado pelo Solinca com Nutricionista e PT de modo a promover uma vida saudável;
• Apresentação de coleções de lojistas com atividade na área da moda; 
• Apresentação de tendências de cabelos/maquilhagem por cabeleireiros e institutos de beleza locais;
• Atelier de moda; 
• Concurso de manequins com os jovens do distrito selecionados, que entretanto receberam formação gratuita promovida pela agência Fama Kom Klasse; 
• Outras atividades na área da moda, propostas por jovens criadores, estilistas, empresas e instituições; 
• Presença de figuras públicas nacionais para as diversas temáticas (júri composto por atores, manequins, designers, fashion-advisers, bloggers, etc.).

Designer de jóias vianense vence prémio internacional em Munique

Liliana Guerreiro no Inhorgenta Award 2017

A vianense Liliana Guerreiro foi distinguida na Alemanha com o prémio “Melhor Peça de Joalharia”, na gala promovida por uma das maiores feiras de joalharia da Europa, a INHORGENTA MUNICH. 
Entre as 33 peças pré-selecionadas pelo júri, o colar “Elementos” da designer vianense, feito a partir da técnica tradicional de filigrana portuguesa, foi o vencedor. 

Liliana Guerreiro nasceu em 1975, Viana do Castelo (norte de Portugal), coração do Minho, terra de tradições e de festas, de mulheres fortes, com trajes deslumbrantes e o peito carregado de ouro. Crescer com esta herança “genética” e estes costumes, desfazendo os colares de contas da mãe para ver como eram feitos, e como se voltavam a enfiar, mexer nas peças de família, das avós e das tias, experimentá-las repetidas vezes, conhecê-las, saber os seus nomes, tudo isto influenciou o seu percurso. 
Em 1999 concluiu a licenciatura em Arte/Joalharia na ESAD Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos (1995|1999). 
A sua formação especializada teve início na EPOA Escola Profissional de Ofícios Artísticos de Vila Nova de Cerveira (1990|1993), na Escola de Artes Decorativas da Fundação Ricardo Espírito Santo, em Lisboa (1993|1994) e no Centro de Joalharia do Porto (1998). 
Oradora convidada em conferências de joalharia e design, tem participado em vários programas televisivos, sendo entrevistada e referenciada pela imprensa nacional e internacional. É presença habitual em material de divulgação do país e da marca Portugal. 
Tem atelier próprio desde 2002. 

Saiba mais sobre este prémio, AQUI
Saiba mais sobre Liliana Guerreiro, AQUI.

TRAJE À VIANESA | Certificado para garantir autenticidade e preservação das tradições

A produção artesanal do Traje à Vianesa, está agora mais protegida. Com a certificação e a criação do Caderno de Especificações do Traje à Vianesa, os artesãos que produzem as várias peças que compõem o traje típico do concelho de Viana do Castelo já têm à disposição um documento onde estão definidas as caraterísticas do “Traje à Vianesa” e que devem ser seguidas para garantir a sua genuinidade. 
O Traje à Vianesa, com origem no século XIX, é considerado um símbolo tradicional da região. 
Eis alguns dos trajes incluídos na designação de "traje à vianesa" que fazem parte, juntamente com as especificações e a sua história, de uma exposição a decorrer no Museu do Traje de Viana do Castelo.

Traje à Vianesa (Areosa)
Traje à Vianesa (Geraz do Lima)
Traje à Vianesa (Santa Marta de Portuzelo)
Traje à Vianesa (Afife)

PARQUE DA CIDADE | Finalmente…

Desde 2006 que a sociedade VianaPolis, responsável pela execução do programa Polis de Viana do Castelo, detida em 60% pelos ministérios do Ambiente e das Finanças e, em 40%, pelo município de Viana tem realizado, sem sucesso, várias hastas públicas para venda dos terrenos do Parque da Cidade junto ao rio Lima e intervencionados pela VianaPolis. Está em causa nesta operação, no que diz respeito à área residencial, a venda de 26 lotes com a área bruta de construção de: habitação 63.119 m2, comércio 1776 m2, estacionamento 19 526 m2 e equipamento 740 m2. 
Colocados à venda em 2006 por 21,6 milhões de euros, presentemente o preço base está fixado nos 7,5 milhões de euros. Há uns anos que a venda está aberta em contínuo, aguardando por investidores interessados na totalidade daquela área ou na compra a retalho. 
Na semana passado o presidente da Câmara anunciou boas notícias para o departamento financeiro da VianaPolis, que enfim conseguiu vender os primeiros quatro lotes de terreno, encaixando um milhão de euros. Já só falta vender 22 lotes… e esperar quantos anos mais??? 
Entretanto, como esta é uma área com amplas zonas relvadas e sempre bem cuidadas e enquanto não se enche de construção, os vianenses têm usufruído deste agradável espaço para exercícios físicos, passeios, utilização dos parques infantis aí existentes, realização de diversos eventos desportivos…

Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo (2017.02.19)
Parque da cidade, Viana do Castelo
Parque da cidade, Viana do Castelo

DARQUE | Portinho de pesca

Portinho de pesca artesanal adjacente ao porto comercial, na margem sul do rio Lima, na freguesia de Darque (Viana do Castelo).

Portinho de pesca de Darque (Viana do Castelo)

VIANA | A cidade e o rio

O rio Lima e a cidade de Viana do Castelo

O rio Lima e a cidade de Viana do Castelo

VIANA | Prémio de fotografia ESTAÇÃO IMAGEM 2017 tem candidaturas abertas

.
A cidade de Viana do Castelo acolhe pelo terceiro ano consecutivo o PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM, uma iniciativa dedicada à reportagem fotográfica. As candidaturas ao PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM 2017 decorrem até ao próximo dia 15 de março. 
Categorias a concurso: Notícias, Assuntos Contemporâneos, Vida Quotidiana, Arte e Espectáculos, Ambiente, Série de Retrato, Desporto e Fotografia do Ano. 
Com a chegada a Viana do Castelo passou a haver também o prémio Noroeste Peninsular, cujo tema para esta edição é os Caminhos de Santiago. Este prémio está aberto à participação dos fotojornalistas portugueses, dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e da Galiza, bem como aos estrangeiros aí residentes. 
O júri internacional será constituído por Francis Kohn (Presidente do júri) - Director de Fotografia da AFP, Benedicte Kurzen - Fotojornalista da agência NOOR, Laura Boushnak - Fundadora da agência no Médio Oriente RAWIYA, de mulheres fotojornalistas, David Furst - Editor Internacional de fotografia do The New York Times e David Guttenfelder - Fotojornalista da National Geographic. 
A edição deste ano do PRÉMIO ESTAÇÃO IMAGEM decorre entre os dias 3 e 9 de Abril de 2017, com um júri de cinco elementos que vai reunir em Viana do Castelo fazendo com que a cidade assuma, por esses dias, o papel de capital da fotografia. Para além da cerimónia de anúncio e entrega dos prémios, no sábado 8 de Abril, a semana começa com a inauguração simultânea de seis exposições, espalhadas pela cidade, e uma programação centrada no Teatro Municipal Sá de Miranda, que inclui conferências, projecção de fotografias, filmes, documentários e um mercado do livro de fotografia. 

Saiba tudo sobre o ESTAÇÃO IMAGEM 2017, AQUI.

VIANA | Memória da cidade

Nesta foto antiga pode ver-se a estátua do Sagrado Coração de Jesus, feita em bronze da autoria do escultor Aleixo Queirós Ribeiro (1868-1917), colocada em cima de uma coluna, mesmo em frente da capela de Santa Luzia (demolida em 1926). Por trás da capela, numa fase muito inicial, vê-se a construção do Templo de Santa Luzia. 
Depois de concluído o Templo do Sagrado Coração de Jesus (Templo de Santa Luzia), que veio substituir a antiga capela, foi esta imagem colocada num nicho aberto na fachada do novo Templo.

NOTA: Tinha esta imagem no meu “arquivo”. Desconheço o seu autor.

Capela de Santa Luzia, Viana do Castelo