Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Prédio Coutinho: Câmara satisfeita com decisão do Tribunal e surpreendida com leitura feita pelos advogados dos moradores


O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo diz ter ficado “surpreendido” com a leitura feita pelos advogados dos moradores em relação à sentença proferida pelo Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga. A sentença, datada de 13 de Maio, diz respeito a uma acção principal intentada por um conjunto de moradores do Edifício Jardim. Os moradores pediam a anulação a Declaração de Utilidade Pública emitida e renovada para a expropriação e demolição do edifício e José Maria Costa diz que tal pedido foi negado. O autarca considera que as decisões do tribunal são “demolidoras” para os moradores.O autarca diz mesmo que o Tribunal aceita a utilidade pública de expropriação e que “vem dar razão ao que foi feito”. O socialista diz que “todo o processo foi considerado válido” e que o Tribunal apenas obriga a VianaPolis a notificar uma moradora. Os juízes deram como provado que a proprietária não foi devidamente notificada do processo expropriativo. Quanto aos restantes pedidos dos moradores, José Maria Costa diz que a VianaPolis, a Câmara Municipal e o Ministério do Ambiente foram ilibados de “todo o petitório”. Apesar de faltarem três decisões do Tribunal, o autarca diz que esta sentença vem “dar validade a todo o processo”, que diz ser “justo, democrático e dentro da lei”. José Maria Costa diz que não vai recorrer. Diz ainda que a VianaPolis tem todas as condições para demolir o edifício. Já Abílio Teixeira, porta-voz da Comissão de Moradores, diz que o pedido de Declaração de Utilidade Pública (DUP) para a expropriação dos 13 andares foi “anulado”. Abílio Teixeira diz que os moradores estão “perfeitamente tranquilos” mas admite que vai recorrer da decisão por uma questão “táctica”.
Fonte: Rádio Geice (24.05.2011)

Comentários

Anónimo disse…
Desculpem, entao, o que vai acontecer? A verdade é que o predio e horrível...
Uma espanhola que ama Viana
Predio Coutinho ama Espana disse…
Olha querida como tu amas mucho Viana , ti vo dizer, vas ver O Predio Coutinho por muchos e muchos anos.
O tribunal alterou a situação, tudo ai vontado,á estaca zero.
Quando passares por lá has de ver um prédio imponente e grande, de buena construcion.
Quando quizeres ver lo , e como foi construido falas com os construtores, porque naquele tempo ainda se faziam predios de calidade , hoje são de fraca calidade para não deizer uma m.....da.

Salu
Gracias por tudo.
Juan Martin Lopes
Galego disse…
Ontem ai estado na terra de usted.
Quero lo dizer, que tem um poueblo antipatico, és una tierra feia e as casas são una vergonha.
A minha cita tene um predio Grande de calidade e grande como usted.
Buena construcion á melhor da citad.
Todos os predios do teu pueblo da tua cita não chegam ao calcanhar deste.
Que me dizes , se eu quizesse los mandar abaixo, para fazer una correcion urbanistica!
Gostarias.
Anónimo disse…
Este prédio é mais que horrível.
Nunca devia ter sido construído. Aliás em nenhum momento teve parecer favorável dos Serviços da Câmara Municipal para este prédio ser construído com tantos andares.
Mas a obra prosseguiu e ninguém teve ainda a coragem de o mandar demolir.
Não está em causa a qualidade da sua construção, mas sim a ilegalidade e o impacto negativo que este edifício cria na cidade, seja de que ponto o observamos.
Joana Vasconcelos disse…
Este edifício é um escarro na cidade. Nunca foi autorizada a sua construção com tantos andares.
Boa construção? Por que será que mais de metade das fracções já estão desocupadas? É um prédio com mais de 30 anos e ilegal.
CRESCE E APARECE disse…
Sabes o que é um escarro menina Joana Vasconcelos?
É uma coisa muito feia que não liga com o seu apelido VASCONCELOS.
Tem mais categoria o seu apelido, que a JOANA.
Para uma menina prendada falta-lhe educação e formação.
Por mais que não goste tem de aprender a tolerar, esses termos não são próprios de uma donzela.
Na qualidade de mulher falta-lhe três coisas que não se aprende na escola; educação , formação civica, e bons modos.
Tens muito a aprender.
Cresce e aparece !
Anónimo disse…
Não sou a Joana Vasconcelos, nem a conheço, mas estou totalmente de acordo com o que ela comentou.
Não compreendo tanta agressividade do comentário anterior.
Ficou tão escandalizado com o termo “escarro”? Pois fique sabendo que o dicionário dá como sinónimo de escarro a palavra NÓDOA, que é o que na realidade esse prédio representa para a cidade.
Pessoalmente não vejo no comentário da Srª Vasconcelos falta de educação e formação, limitou-se a transmitir a sua opinião com a maior naturalidade.
Quanto ao não se aprender na escola: educação, formação cívica, e bons modos, mais um equívoco do “CRESCE E APARECE”.
É PENA, A EDUCAÇÂO FICA BEM EM QUALQUER LADO disse…
O Termo " Escarro" no dicionário entende-se como qualquer coisa desagradável (porcaria ).
Antes de mais tem de entender que o Prédio acima de tudo é moradia e residencia ainda de pessoas respeitaveis.
Apesar de não morar em Viana do Castelo ,temos de respeitas as pessoas.
Desta forma arrogante , e raivosa está a maltratar pessoas.
Como mãe e com dois filhos,deveria investir mais nesta area, educação,formação, e
educação civica, porque tem filhos a educar.
Se não fizer , há um ditado antigo que diz "Cá se fazem cá se pagam "
Mãe és,filhos serão........
Quanto a pessoa que não é Joana , apenas lhe digo , é pena.
Deve ser mesmo da GERAÇÃO RASCA.
Sou residente no Porto, hoje fui a Viana e o Prédio do Coutinho continua de pé:- disse…
Como é que as decisões são "demolidadoras" se Prédio do Coutinho continua de pé.
Desculpe o lapso ! disse…
Desculpe o lapso faço Correção a palavra "Demolidadoras", mas sim demolidoras. Assim fica correto.
Obrigado.
Anónimo disse…
Desloco-me a Viana do Castelo, uma vez por ano por altura das minhas férias.
Na realidade ninguém pode ficar indiferente àquele monstro que aparece logo como cartão de visita (péssimo cartão) a quem se presta a entrar na cidade pela ponte Eiffel. Simplesmente horrível.
Quando o implodem?
Vai dar uma volta. disse…
O Predio foi abaixo ontem para seu agrado.
Diz O Predio do Coutinho ! disse…
Se não esta bem ponha-se a andar, vá dar uma volta até Versalhes e fique por lá que cá não faz falta nenhuma a sua presença.
O prédio que tanto odeias. disse…
Joana Vasconcelos tens uma noticia que te vai alegrar , uma nova vitória tens a teu favor. No entanto o mamarracho que tanto odeias e dizes mal continua de pé.
Tens andado por Viana a fazer o quê, vais montar uma barraca com os teus trabalhos.
A ultima vez que te vi foi em Versalhes.
Vandalismo na cidade. disse…
O vandalismo impera na cidade , partiram uma montra de um dos estabelecimentos do Edificio Jardim.
Durante a noite arremaçaram um paralelo contra os vidros do mesmo.
O mérito é de quem criou o primeiro coração e não dos que apareceram mais tarde . disse…
Minha amiga Joana Vasconcelos não vou dizer que o coração que dizes que criaste é um "escarro " porque sou bem educado.
Mas que tem ele de especial para dizer que foi uma criação sua ?
Interessante sim foi o primeiro que apareceu mas não foi inspirado por si, esse efectivamente tem valor. Agora os outros que aparecem são " Apendices " não tem qualquer valor , inspiraram-se no primeiro para concluir os outros.
O mérito foi de quem fez o primeiro e concerteza não de um artista plástico mas sim dum amador na arte de filigrana, que não teve a sorte de não andar em propectos.

Mensagens populares deste blogue

GIL EANNES | Um Navio com história e memórias

VIANA | Praia de Paçô é uma das 10 melhores praias secretas para o “The Guardian”