Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

“E-Ship 1” - O 1º navio de carga movido a energia eólica de novo em Viana do Castelo

Entrou hoje no porto comercial de Viana do Castelo, o navio “E-Ship 1”, pertencente à empresa alemã Enercon, um dos maiores fabricantes a nível mundial de turbinas eólicas e com várias fábricas em Viana. 
Este é um cargueiro muito especial (começando logo pelo seu aspeto), pois é o primeiro no mundo movido por fonte híbrida (energia eólica e diesel). As quatro torres cilíndricas instaladas no convés, com vinte e sete metros de altura cada uma, captam a energia do vento para auxiliar a propulsão a diesel do navio. 
Encontra-se no porto de Viana do Castelo para carregar torres de aerogeradores, produzidas pelas unidades instaladas nesta cidade.
O "E-Ship 1" teve a sua viagem inaugural no dia 17 de Agosto de 2010.

(clique na imagem para ampliar e ver melhor)

E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo
E-Ship 1 a entrar no Porto Comercial de Viana do Castelo

Comentários

Renato Gay disse…
E então as caravelas??

http://pt.wikipedia.org/wiki/Caravela
Rui disse…
movido a energia eólica ?
Josefa Silva disse…
Qual é a dúvida?
Laurentina disse…
Claro que sim, as caravelas navegavam como Oh senhor Rui?!
capitão disse…
Oh meus amigos! O transatlântico de carga por excelência não era a caravela. era o "galeão"!

Mensagens populares deste blogue

VIANA | Bicicletas desafiam os degraus do escadório de Santa Luzia

Funicular de Santa Luzia | A transportar pessoas desde 1923

VIAGENS À MINHA PRAIA | Na Praia do Cabedelo com Melânia Gomes

VIANA | Quinhentos dançarinos juntam-se para mais um Festival de Folclore Internacional