Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Quando a Ponte deixa de ser uma passagem

Construída ao abrigo do programa Polis de Viana do Castelo, a ponte móvel pedonal e ciclável que permite a continuidade da ciclovia ao longo de toda a frente ribeirinha, possibilitando a passagem de peões e bicicletas entre o antigo Complexo da Marina e as docas de recreio, encontra-se há mais de seis meses inoperacional devido a uma avaria "eletromecânica" no equipamento. 
Recorde-se que, em novembro do ano passado, uma fonte da Administração do Porto de Viana do Castelo (que tem a responsabilidade da sua manutenção e conservação) adiantou que a obra de reparação já estava adjudicada, devendo os trabalhos arrancar a qualquer momento. Até hoje nada.
Ao contrário daquela velha canção que diz que “A ponte é uma passagem...”, esta é uma paragem. 
A ponte móvel pedonal de Viana do Castelo inaugurada em 2007, resultou de um investimento de 1,2 milhões de euros. É uma obra da autoria do arquiteto Rui Martins, que se inspirou na referência visual dos mastros das velas.

Comentários

Anónimo disse…
Mais de 1 milhão de euros deitados ao lixo,sim repito para o lixo, pois que de util não tem tido nada,mas é linda e valeu a pena o gasto segundo os entendidos e laureados...só nesta terrinha.
JARRA disse…
Infelizmente esta não é a única ponte vianense que é um obstáculo - também uma "projetada" pelo sr Eiffel, passa muito tempo fechada. E talvez por depender dos srs dos comboios parece haver gozo no seu fecho! Não podia a manutenção ser rápida(como aconteceria num país produtivo), ou faseada por faixas (se fosse feita por alguém amigo das pessoas). Toma lá um mês (esperemos!) que é por pagares impostos!
Marcelo de Deus disse…
Parabéns pelo trabalho

Mensagens populares deste blogue

PRAIA NORTE | Marginal pedonal vai abrir ao público

VIANA DE ANTIGAMENTE | Chafariz da Praça

Romaria D’Agonia 2017 | Programa provisório

VIAGENS À MINHA PRAIA | Na Praia do Cabedelo com Melânia Gomes