Notícias, atualidades e curiosidades acerca da cidade de Viana do Castelo, Portugal.

Uma arena de touros vai ser transformada em pavilhão desportivo

A antiga praça de touros de Viana do Castelo vai ser transformada em pavilhão desportivo, seis anos depois de ter sido desativada quando a cidade se declarou antitouradas. 
Segundo o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o socialista José Maria Costa, o objetivo da autarquia passa por transformar a antiga arena num espaço polivalente para a prática de várias modalidades, em simultâneo, como ginástica, esgrima, patinagem artística e hóquei em patins e basquetebol. 
A praça foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espetáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008. Está encerrada desde 2009, quando Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas. 
Chegaram a ser avançadas várias hipóteses para aquele imóvel, como um centro de Ciência Viva, um Centro de Mar - entretanto instalado a bordo do antigo navio hospital Gil Eannes - e um espaço de restauração e atividades náuticas. Até hoje não foi dada qualquer utilização pública ao equipamento.
Agora, a "vontade clara" da autarquia de dar resposta à "falta de condições físicas com que se debate a Escola Desportiva de Viana (EDV)" está na origem da transformar o espaço num pavilhão desportivo. 
"Conversámos com os dirigentes da EDV e estudámos várias alternativas. Pareceu-nos que a antiga praça de touros é um espaço interessante para estas funções", sustentou. Questionado pela Lusa, o autarca afirmou ser prematuro falar do montante do investimento, adiantando apenas que será um projeto a candidatar ao novo Quadro Comunitário de Apoio (QCA). 
Primeiro, sublinhou, "é preciso avaliar as condições estruturais" do imóvel situado junto ao rio Lima.
Em novembro, a Câmara encomendou ao Instituto da Construção da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto um estudo para determinar se o edifício, com 66 anos, está em condições de ser recuperado ou se terá de ser demolido para acolher as novas funções. "Se esse estudo disser que a estrutura aguenta uma remodelação avançaremos para os estudos prévios e para os projetos de execução. Se, pelo contrário, não garantir condições de estabilidade para uma refuncionalização, a solução passará pela demolição e pela construção de um novo equipamento naquele local", acrescentou. 
Contactado pela agência Lusa, o presidente da EDV, Rui Jorge Silva, manifestou "satisfação", sublinhando que, "pela primeira vez em 39 anos de existência, o clube começa a ver alguma luz ao fundo do túnel", no que diz respeito a instalações próprias. 
Atualmente, acrescentou Rui Jorge Silva, o clube, com 1300 atletas, "cresceu até ao limite", pelo que defendeu a necessidade do espaço da antiga arena da praça de touros, com uma área de 3800 metros quadrados e cerca de 65 metros de diâmetro, "ser rentabilizada, permitindo a prática de várias modalidades em simultâneo". 
Para o exterior do edifício, situado no parque da cidade, é proposta a criação de estruturas que permitam a prática desportiva ao ar livre.

Notícia do JN de 01.12.2014


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nove praias em Viana com “Qualidade de Ouro”

Sábado Florido em Viana

WRC Vodafone Rally de Portugal 2018 passa amanhã em Viana